BLOG

Veja nossas dicas

HIPERTENSÃO ARTERIAL

A hipertensão arterial é sabidamente uma doença que afeta não somente o coração, mas pode trazer consequências graves para os rins, olhos e outros órgãos. Essa doença sistêmica pode ser evitada com cuidados básicos e desenvolvimento de hábitos salutares.

O que é pressão arterial?

Quando o coração bombeia o sangue para o corpo, exerce uma pressão nas artérias (canos condutores do sangue) que varia dependendo do momento de contração desse órgão. O momento em que o coração está contraído para expulsar o sangue é chamado de sístole e a pressão nesse momento recebe o nome de sistólica ou pressão máxima. No momento de relaxamento do coração a pressão é chamada de mínima ou diastólica, pois o nome médico desse período é diástole.
A hipertensão arterial ocorre quando os níveis de pressão arterial estão acima de valores de referência para a população geral. Apesar do valor normal de pressão arterial ser de 120×80 mmHg, considera-se alteração de pressão apenas quando os valores forem superiores a 140×90 mmHg. Qualquer indivíduo pode apresentar, esporadicamente, níveis de pressão arterial maiores que 140×90 mmH, sem que seja considerado hipertenso. Somente a manutenção de níveis permanentemente altos em múltiplas medições, em diferentes horários, em várias posições e condições (repouso, sentado ou deitado) caracteriza a hipertensão arterial. A medida da pressão arterial deve ser realizada apenas com aparelhos confiáveis.

Como saber se a pressão arterial está aumentada permanentemente?
O diagnóstico do aumento permanente da pressão arterial pode ser obtido pela medida da pressão em várias condições ao longo do dia. Nem sempre é possível que todas essas avaliações sejam feitas por profissionais habilitados e em equipamentos confiáveis. Dessa maneira, o seu médico pode solicitar que você realize um exame chamado de Monitoração Ambulatorial da Pressão Arterial (MAPA). Esse teste consiste na adaptação de um aparelho de medição de pressão a um monitor que registra todas as medidas realizadas em períodos determinados. Depois de colocado no paciente o sistema realiza várias medidas da pressão arterial ao longo de 24 horas. O exame fornece um relatório com todas as medidas de pressão, possibilitando o diagnóstico correto da permanência de elevação da pressão arterial.

A hipertensão arterial é uma doença frequente?
Sim. A hipertensão arterial é uma das doenças mais frequentes em todas as partes do mundo. Um em cada cinco brasileiros é portador de hipertensão arterial. A doença tem uma tendência a aumentar de frequência em pessoas com idades mais avançadas.

Quais os sintomas da hipertensão arterial?
Na maioria dos casos nenhum sintoma é observado. Quando ocorrem, são sintomas vagos e comuns a outras doenças, como: dor de cabeça, tonteira, cansaço, enjoos, falta de ar e sangramentos nasais.

O que causa a hipertensão arterial?
Em 95% dos casos a causa da doença é desconhecida. Nesses indivíduos ocorre aumento da rigidez das paredes arteriais, fato favorecido pela herança genética em 70% dos casos. Logo, se seus pais ou parentes próximos são hipertensos, você tem probabilidade de desenvolver a doença.

Existe forma de prevenir o aparecimento da hipertensão arterial?
Sim. Evitando os fatores de risco para essa doença, como: fumo, excesso de peso, consumo abusivo de sal, falta de exercícios e sedentarismo, uso de pílulas anticoncepcionais acima de 35 anos e abuso de álcool.

Quais as complicações mais frequentes?
As complicações mais frequentes estão relacionadas à deficiência de circulação sanguínea nos órgãos mais importantes do nosso corpo e incluem: no coração – infarto do miocárdio, insuficiência cardíaca, miocardiopatia; no cérebro – derrame cerebral; nos rins – insuficiência renal; nos olhos – diminuição da visão e problemas na retina.

Existe cura para a hipertensão arterial?
Não. Porém, existe possibilidade de um controle bastante eficaz. O diagnóstico de hipertensão deve significar uma reformulação de hábitos, que favorecerá o funcionamento de todo o seu organismo. Cuide-se e mude desde já:

  • – Faça uma alimentação saudável, com pouco sal ou gordura
  • – Pratique exercícios físicos
  • – Pare de fumar
  • – Evite o álcool
  • – Evite o stress
  • – Mantenha-se dentro do peso ideal
  • – Controle periodicamente sua pressão arterial
  • – Mantenha seu colesterol sob controle

Esses cuidados irão garantir a você uma vida mais saudável, evitando que a hipertensão arterial limite a sua qualidade de vida!

Share this post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *